sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Confissão número #15 de corninho

"Boa Tarde:
Em primeiro lugar gostaria de dizer que me senti honrado em ter um post nesse blog, um blog que eu acompanho há muito tempo e que tem o pensamento semelhante ao meu. Muito obrigado meus amigos pelo espaço dado.
É muito difícil para um casal submisso arrumar um macho de verdade que entenda e respeite o funcionamento do mundo liberal.
Após o término do relacionamento da minha esposa com o chefe, resolvemos arrumar outro macho fixo, pois moramos em cidade pequena, eu trabalho como dentista.
Achamos um Comedor em uma cidade perto da nossa, cerca de 60 km. Rogério tem 32 anos, mulato, com 21 cm de dote, sacudo e bem dominador. Toda sexta ele dorme em nossa casa. Adoro vê-lo em nossa cama, e claro, participar ajudando. É difícil no inicio o homem se assumir corno manso, assumir que não é macho alfa comedor, mas depois de um tempo, quando o corno assume seu lugar é muito prazeiroso para os três, o limite de prazer é multiplicado, e a esposa com certeza tem sexo de verdade, com um macho de verdade. 
O melhor do fixo é poder fazer sexo sem camisinha, e eu particularmente prefiro limpar ela gozada do que transar. Chupar o pau do comedor com o gosto da buceta dela também não tem preço, é uma das maiores realizações e submissões de um corno manso.
Hoje em dia ele me chama no dia a dia de "frouxinho" e o meu piruzinho levou o nome de "piu-piu". Tudo isso me excita muito, e posso dizer que prefiro ser um corno nota 10 do que mais um pseudo comedor meia boca que faz a muher infeliz."

4 comentários:

  1. Sou corno e feliz por ser submisso da Aline.eu amo ser chifrado constantemente.nossa filha sabe que sou chifrado pela mãe dela mas a fizemos entender que somos felizes dessa forma.por sorte ela compreendeu e pelo andar da carruagem em breve nosso genro também vai ser corno ou já o é. Rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá aceitam me conhecer melhor, 49 anos experiente, saudável, discreto e Safado, meu whats 11 976476053, bjs

      Excluir
  2. Sou corno e feliz por ser submisso da Aline.eu amo ser chifrado constantemente.nossa filha sabe que sou chifrado pela mãe dela mas a fizemos entender que somos felizes dessa forma.por sorte ela compreendeu e pelo andar da carruagem em breve nosso genro também vai ser corno ou já o é. Rsrs

    ResponderExcluir